A previsão aparece na última edição do boletim Focus.

Custo de vida do brasileiro vai crescer 4,17 por cento, neste ano. A previsão aparece na última edição do boletim Focus, do Banco Central, que reúne a opinião das principais instituições financeiras do País.

O número é maior que a inflação do ano passado, de 2,95, e representa o oitavo aumento seguido, na projeção dos especialistas.

Mas continua abaixo da meta definida pelo Governo, de um aumento de preços na casa de quatro e meio por cento ao ano. Caso o número se confirme, a soma da inflação de 2017 e 2018 ficará em 7,12. Ou seja, quem gastava 600 reais com a compra do mês verá o valor subir para 642.

Apesar da alta, os números representam uma melhora considerável na comparação com 2015 e 2016, o pior momento da crise. Na época, em dois anos a inflação chegou a 17 por cento. E quem gastava 600 pra encher o carrinho passou a ter que gastar mais de 700 reais.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here