A proposta da Aneel será discutida em duas audiências públicas entre 8 e 28 deste mês, mas o repasse é certo para os reajustes feitos a partir desta terça, dia 7 de agosto.

Revisão nos custos do setor elétrico podem significar uma conta de UM BILHÃO 400 milhões de reais a ser paga pelo consumidor.

A proposta de refazer os cálculos do orçamento veio da Agência Nacional de Energia Elétrica, e deverá abastecer a Conta de Desenvolvimento Energético.

O dinheiro será arrecadado por meio da tarifa de energia, na conta de luz. Será repassado a todas as tarifas que forem reajustadas este ano.

As empresas que já reajustaram as tarifas vão repassar o aumento nas contas de 2109.

A proposta da Aneel será discutida em duas audiências públicas entre 8 e 28 deste mês, mas o repasse é certo para os reajustes feitos a partir desta terça, dia 7 de agosto.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here