A justificativa para a ocupação do prédio desativado que se localiza no centro de Rio Claro (SP) é a necessidade de reforma e ampliação das atuais dependências da Guarda Mirim.

O deputado Aldo Demarcghi acompanhou, nesta terça-feira (27), o presidente, Juarez Moura de Oliveira, e o primeiro tesoureiro, Valdemir José Rampin, da Guarda Mirim de Rio Claro (SP), em audiência na Secretaria Estadual da Educação. Recebida pelo assessor técnico de gabinete, Ricardo Pinheiro Santana, a comitiva – da qual também participou o diretor da Secretaria Municipal de Agricultura, Sérgio Litholdo – entregou ofício endereçado ao secretário José Renato Nalini em que é solicitada a cessão temporária de parte das instalações da escola Irineu Penteado pelo período de dois anos para que a entidade utilize o espaço em atividades de ensino e administrativas.

A justificativa para a ocupação do prédio desativado que se localiza no centro de Rio Claro (SP) é a necessidade de reforma e ampliação das atuais dependências da Guarda Mirim para “atender maior demanda, em consonância com as exigências do Ministério do Trabalho e Emprego”.

O documento explica ainda que o curso profissionalizante denominado Programa Especial de Trabalho Educativo, desenvolvido pela instituição fundada em 1961, “tem o objetivo de inserir adolescentes em vulnerabilidade social no mercado”. Somado ao curso pré-profissionalizante, o projeto “envolve cerca de 500 alunos, 27 funcionários, 7 professores e diversos instrutores”, o que exige a disponibilização de 14 salas de aula e 8 salas para a administração.


Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here