Número de empresas que pediram falência despenca 14 por cento, em janeiro. Caiu de 92, no ano passado, para 79, em 2018.

Já quando o assunto é o número de recuperações judiciais, o recuo chama ainda mais a atenção: 23 por cento, para 63 pedidos.

Os economistas da Serasa, responsáveis pela pesquisa, avaliam que, depois de um período de crise, a economia segue dando sinais de melhora.

Principalmente por conta da retomada da oferta de crédito e do crescimento do PIB.

Eles destacam, ainda, que os micro e pequenos empresários são os que mais sofrem com os problemas da economia.

E que, em janeiro, eles responderam por mais da metade dos pedidos de falência e de recuperação judicial.


Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here