Ao todo, a operação deverá devolver mais de 12 bilhões a Petrobras.

Mais de UM BILHÃO de reais foram devolvidos aos cofres da Petrobras, na quinta-feira. O dinheiro foi recuperado a partir de 17 acordos de delação premiada de investigados, e outros quatro de leniência, no caso, das empresas que colaboraram com as investigações.

Parte dos recursos – um total de 87 milhões de reais – é resultado do processo que envolve os marketeiros João Santana e Mônica Moura, responsáveis pelas campanhas de Dilma Rousseff, em 2010 e 2014.

O montante de 697 milhões foi devolvido pelo grupo Keppel que, segundo a Justiça, pagou propinas nos contratos da Sete Brasil para fornecimento de sondas para a Petrobras.

De acordo com as investigações, o grupo transferia o dinheiro para contas secretas no exterior e também para o PT.

A cerimônia de entrega dos títulos de ressarcimento foi realizada em Curitiba, capitaneada pelo coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

Ao todo, a operação deverá devolver mais de 12 bilhões a Petrobras.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here