Alienação ocorrerá por meio de licitações que ainda não têm data para ocorrer. Expectativa é arrecadar no mínimo R$ 2,3 milhões.

A Prefeitura de Limeira (SP) sancionou a lei que permite a venda de 11 terrenos públicos para iniciativa privada. As áreas, que segundo a prefeitura estão sem uso, serão repassadas por meio de licitações. Ainda não há data para abertura das concorrências. O texto foi publicado no Diário Oficial deste sábado (9).

Os terrenos foram avaliados em R$ 2,3 milhões e a prefeitura afirma que a quantia será revertida ao Fundo de Desenvolvimento. Umas das propostas é investir na criação de distritos industriais para atrair empresas para o município.

O projeto de lei foi aprovado em primeira discussão em 21 de maio. Nenhum dos terrenos tem imóveis construídos e não há interesse da prefeitura em utilizá-los. As áreas estão em vários bairros da cidade.

“A proposta vencedora será a do interessado em oferecer o maior valor e com menores prazos para pagamento. Com isso, a expectativa é de que o município consiga uma arrecadação superior aos R$ 2,3 milhões”, informou a prefeitura.

Cada um dos compradores terá de pagar 20% à vista e o restante poderá ser parcelado em até 12 vezes. Os imóveis poderão ser utilizados para fins residenciais, comerciais, serviços ou industriais, de acordo com a lei de zoneamento do município.

A prefeitura argumenta que, além de repassar verba para o Fundo de Investimento, a alienação reduzirá custos, já que os serviços de limpeza, capinação e fiscalização dos imóveis não serão mais necessários.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here