O leite materno é o melhor e mais completo alimento que existe para o bebê.

De 1 a 7 de agosto cumpre-se a Semana Mundial da Amamentação, uma iniciativa que nasceu em 1992 e abrange hoje mais de 170 países, procurando todos os anos sensibilizar para a importância desta prática na saúde infantil.

Criada em 1991 como um órgão consultivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), a WABA é uma organização não governamental constituída por uma rede mundial de indivíduos e organizações empenhadas na proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno como um direito de mães e crianças, independente de raça, credo ou nacionalidade.

– O leite materno é o melhor e mais completo alimento que existe para o bebê.
– Até os 6 primeiros meses de vida, o bebê não precisa de nenhum outro tipo de alimento, basta o leite materno.
– A criança que mama no peito cresce e se desenvolve melhor. Lembre-se: os 6 primeiros meses de vida são os mais importantes para o desenvolvimento do bebê.
– A digestão do leite materno é mais fácil: isso diminui a chance do bebê sofrer em enjôos e cólicas.
– O leite materno previne infecções, obesidade, colesterol alto e diabetes. O bebê cresce mais forte e sadio.
– Está comprovado que bebês alimentados somente com o leite materno, nos 6 primeiros meses de vida, ficam menos sujeitos a alergias.
– O leite materno é de graça, está sempre pronto e na temperatura ideal.
– A amamentação previne hemorragias maternas e no pós-parto.
– Amamentar reduz o risco de câncer de mama e de ovário.
– Além de tudo, amamentar é um ato de amor e carinho, tanto para a mãe quanto para o bebê.
– Observe como o seu filho fica mais tranquilo quando você o amamenta.

A Semana Mundial da Amamentação é importante por ser uma estratégia de mobilização social que contribui para conscientizar a população e profissionais de saúde sobre a importância do aleitamento materno para a saúde da mãe e do bebê, e os benefícios que traz para a sociedade e o País.

A SMAM também contribui significativamente para o aumento dos índices de amamentação e para a redução das taxas de mortalidade infantil, com a consequente melhoria da saúde da população infantil e materna.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here