Casa foi destruída.

Um vazamento de gás de cozinha provocou uma explosão em uma casa de Campinas (SP) na madrugada desta quarta-feira (13). Três pessoas ficaram feridas, um casal e o filho, e a residência ficou destruída.

Em nota, a Prefeitura informou que os moradores tiveram queimaduras de segundo grau e serão transferidos para unidades de queimados, incluindo o Centro de Tratamento de Queimaduras de Campinas. Os locais exatos ainda não foram definidos.

Explosão de gás de cozinha destrói casa em Campinas, em 13 de junho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Explosão de gás de cozinha destrói casa em Campinas, em 13 de junho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Vítima acendeu a luz

A casa fica no Jardim Santa Lúcia e a ocorrência foi por volta das 2h. O pai de uma das vítimas, Jonatas Souza, mora em uma casa nos fundos,e disse que foi o neto, de 14 anos, quem percebeu o cheiro de gás

Carro da família que teve a casa destruída por uma explosão de gás foi atingido pelos escombros, em Campinas, em 13 de junho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Carro da família que teve a casa destruída por uma explosão de gás foi atingido pelos escombros, em Campinas, em 13 de junho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Estrutura comprometida

Os escombros chegaram a atingir o carro da família e a lateral da casa caiu inteira. A parede que ficava entre a sala e o quarto foi ao chão. O teto cedeu.

Os feridos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros para a Unidade de Pronto-Atendimento do Campo Grande, onde aguardam a transferência em observação.

Técnicos da Defesa Civil e fiscais da Secretaria de Planejamento e Urbanismo avaliaram os danos e interditaram o imóvel por risco de desabamento. O órgão informou que o botijão ficava do lado de fora da casa e o vazamento ocorreu no fogão. As residências ao redor não foram afetadas.

Inicialmente, a informação era de que a casa teria que ser demolida, mas a Defesa Civil disse, em nota, que orientou sobre a demolição ou uma possível reforma, decisão que ficará a critério dos proprietários. A casa é particular.

“Para ser liberado para o uso, o imóvel deve ser colocado em condições de estabilidade, segurança e salubridade, e não tem prazo para fazer isso. O dono da casa deverá reformá-la porque a laje corre risco de desabar. A obra de reforma ou demolição parcial deverá ser acompanhada por um engenheiro ou arquiteto e também por fiscal da Secretaria de Planejamento e Urbanismo”, diz o órgão.

Destruição  após explosão provocada por vazamento de gás de cozinha afetou toda a residência em Campinas, em 13 de junho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Destruição após explosão provocada por vazamento de gás de cozinha afetou toda a residência em Campinas, em 13 de junho (Foto: Defesa Civil/Divulgação)


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here