10 de outubro é comemorado o Dia Nacional da Guarda Municipal

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


As palavras do Regente Feijó demonstra a importância das Guardas Municipais até hoje no Brasil.

Nesta quinta-feira (10), é comemorado o Dia da Guarda Municipal. No período do Brasil Império, a Regência promulgou a lei de 10 de outubro de 1.831, autorizando as Províncias a criar um corpo de Guardas Municipais, as quais tinham a finalidade de manter a tranqüilidade pública e auxiliar a justiça de acordo com os efetivos necessários, sendo nesta data comemorado o dia Nacional do Guarda municipal, que foi instituído em 1993 no Congresso Nacional de Guardas Municipais realizado em Curitiba.

Sendo este um dos atos mais valorosos realizados pelo então, Regente Feijó, o qual tornou pública tamanha satisfação, ao dirigir-se ao Senado em 1839, afirmando que: “Lembrarei ao Senado que, entre os poucos serviços que fiz em 1831 e 1832, ainda hoje dou muita importância à criação do Corpo de Guarda Municipal Permanente; fui tão feliz na organização que dei, acertei tanto nas escolhas dos oficiais, que até hoje é esse corpo o modelo da obediência e disciplina, e a quem se deve a paz e a tranqüilidade de que goza esta corte”.

As palavras do Regente Feijó demonstra a importância das Guardas Municipais até hoje no Brasil.

Nesta data em que se comemora o dia dos GCM´s, nós que fazemos o site Repórter Beto Ribeiro queremos dar os parabéns a todos os Guardas Civis Municipais de todo Brasil, pelos serviços prestados a população. Desejamos ainda que em um futuro promissor, que todos alcancem novos patamares, colaborando ainda mais para a manutenção da ordem pública.

GCM de Araras

A Guarda Municipal foi fundada pelo então prefeito Ivan Estevam Zurita com o objetivo de cuidar do patrimônio público municipal e auxiliar a Polícia Militar, que, na época, possuía somente 13 policiais. A corporação de Araras foi a primeira Guarda Municipal armada do Estado de São Paulo e era composta por 30 homens subordinados à delegacia de polícia.

O objetivo constitucional da Guarda Municipal era proteger os usuários e servidores dos serviços públicos, bem como preservar o patrimônio do município, evitando conflitos e atos de vandalismo em praças, parques, escolas, centros de saúde e outros locais com grande concentração de pessoas, além de auxiliar as polícias Civil e Militar.

Atualmente, a GCM está incorporada à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, assim como o Departamento de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento, Departamento de Vigilância Patrimonial, Divisão de Defesa Civil e o Departamento Municipal de Trânsito.