1ª morte de criança por coronavírus é registrada em Rio Claro, SP

Brasília faz testes em massa contra o coronavírus (Covid-19), no dia do aniversário de 60 anos. Moradores fazem o teste no estacionamento do Estádio Mané Garrincha. Sérgio Lima/Poder360 21.04.2020

Criança de 11 anos, um homem e uma mulher morreram vítima do coronavírus.

O boletim divulgado na tarde desta quinta-feira (17) pela Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro (SP) registrou a primeira morte de criança no município por covid-19. O boletim registra ainda o falecimento de um homem e uma mulher, totalizando 128 óbitos nesta pandemia.


De acordo com a Secretaria de Saúde, a criança foi vítima de Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica (PIMS, na sigla em inglês), associada à Covid-19. Essa síndrome, conforme explica a médica infectologista Suzi Berbert de Souza, é rara e ocorre três a quatro semanas após a infecção por coronavírus (Sars-CoV-2), em crianças maiores de cinco anos de idade e pode desencadear alterações cardíacas graves e óbito.

A criança que faleceu em Rio Claro contraiu covid sem apresentar sintomas. Quando a Síndrome Inflamatória se manifestou foram coletadas amostras para exame que, após seu falecimento, confirmou que ela havia sido contaminada pelo coronavírus há semanas.

clique na imagem e saiba mais

O boletim desta quinta-feira registra um total de 4.451 casos de coronavírus em Rio Claro, sendo 275 pessoas na faixa etária de 10 a 20 anos e 47 entre zero e nove anos. O município tem 38 pessoas hospitalizadas, sendo 24 em leitos públicos e 14 em leitos particulares. O número de recuperados é 4.272 pacientes.