6 motivos para você investir na previdência complementar agora!

Entenda porque começar a investir na aposentadoria o quanto antes.

Com o endurecimento das regras da aposentadoria pública, a previdência privada ganhou mais popularidade no Brasil. Muitas pessoas estão entendendo a necessidade de ter uma opção de previdência complementar para ter uma aposentadoria mais tranquila.

E mesmo que o cenário atual não seja um dos mais estáveis para a economia brasileira, a dica é não perder mais tempo. É importante para o seu futuro que você escolha um plano de previdência privada e comece a pensar na sua aposentadoria.

Aqui, fizemos uma lista com os principais motivos para investir na previdência complementar agora:

Complemento da aposentadoria pública

As regras para a aposentadoria pública mudaram e agora ficou mais difícil se aposentar por idade e com o salário próximo do que você ganha no período em que trabalha. Por isso, um dos motivos mais importantes para investir na previdência complementar agora, é complementar o valor de sua aposentadoria.

O teto atual da previdência é de quase R$ 6 mil, o que para muitos pode significar uma queda significativa na qualidade de vida. Para atingir um valor aproximado ao que ganha no período de trabalho, a previdência complementar é uma boa opção para aumentar o valor da aposentadoria no futuro e viver com mais conforto.

Aproveitar os benefícios fiscais

O investimento na previdência privada também é uma vantagem porque oferece benefícios fiscais. O primeiro benefício é a tabela regressiva do imposto de renda (IR), que diminui a incidência do tributo com o passar do tempo. Então, quanto mais tempo o dinheiro permanecer aplicado, menor será a alíquota de IR na hora do resgate.

Outro grande benefício que está disponível para quem escolhe um plano de previdência PGBL. Os investidores destes planos podem deduzir até 12% de sua renda tributável anual no Imposto de Renda. Além disso, os planos de previdência privada são tributos apenas no resgate, não existe o “come-cotas”, taxa cobrada em outros investimentos.

Flexibilidade

O investimento em um plano de previdência privada é bem simples e é uma excelente opção para diversificar a carteira de investimentos. Essa é uma alternativa para começar a pensar na aposentadoria com pouco dinheiro.

É possível aderir ao plano com um capital pequeno e realizar aportes frequentes de valores variados. Essa é uma boa maneira de flexibilizar os investimentos, principalmente para quem possui uma renda mensal variável. A previdência privada também é uma forma de se acostumar com o hábito de investir.

Manter o padrão de vida na aposentadoria

Como já dissemos nesse texto, as mudanças nas regras da aposentadoria pública dificultaram a aposentadoria por idade e diminuíram a média salarial da aposentadoria para a grande maioria. Então, se você quer manter o padrão de vida após se aposentar, será necessário encontrar novas fontes de renda.

A previdência complementar é uma boa opção para manter o padrão de vida. Afinal, não é nada fácil chegar a ganhar R$ 10 mil por mês trabalhando e ganhar pouco mais da metade após se aposentar, ainda mais que nesse momento os gastos com a saúde e o bem-estar aumentam consideravelmente.

Pode servir para a realização de outros objetivos

Outro bom motivo para investir na previdência complementar é poder ter uma alternativa para realizar outros objetivos, não só pensando em aposentadoria. Se você quer viver uma vida mais tranquila no futuro, mudando para outra cidade, por exemplo, pode se tornar realidade com a previdência complementar.

Da mesma forma, se você não quer parar totalmente de trabalhar e deseja realizar o sonho de ter seu próprio negócio, a previdência complementar também é uma opção. De acordo com dados do IBGE, 46% da população ocupada com mais de 60% trabalha por conta própria e a maioria abriu seu próprio negócio depois de se aposentar.

Maior rentabilidade

Ampliar a rentabilidade do seu dinheiro no longo prazo também é um dos motivos de começar a investir na previdência privada o mais cedo possível. Os investimentos precisam ser os mais rentáveis possíveis.

A previdência privada rende mais do que a poupança e muitas outras opções de renda fixa. Existem fundos de previdência e planos de previdência que são compostos por ativos bem diversificados, com um percentual de renda variável, o que pode gerar uma rentabilidade ainda maior do que o esperado.

Outro fator importante é que o seu dinheiro segue rendendo mesmo que não haja aportes frequentes. Você pode escolher em fazer um único aporte de maior valor no ano ou fazer pequenos aportes todos os meses, por exemplo.  A rentabilidade é um dos fatores mais importantes para garantir que o seu dinheiro renda o máximo possível ao longo do tempo.

Independente de qual plano de previdência privada você escolher, o mais importante é começar a investir agora! A dica é pesquisar bastante, saber o seu perfil de investidor e investir em um plano que possa lhe render bons frutos no futuro. Começar a pensar na aposentadoria desde jovem é uma grande virtude para qualquer um, então não perca tempo!

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT