7 formas de abrir seu negócio gastando pouco

clique na imagem e saiba mais

Não existe uma receita para que um empreendimento dê certo, mas seguir alguns passos faz toda a diferença.

Mais do que ter ideias para abrir o próprio negócio é preciso de muito planejamento e esforço financeiro para que ele funcione da melhor maneira. Por vezes, o dinheiro é a primeira barreira e é necessário pensar em alternativas como sócios ou empréstimo para MEI para iniciar.

É preciso viabilizar os recursos, encarar algumas barreiras e tirar o negócio do papel. Não existe uma receita para que um empreendimento dê certo, mas seguir alguns passos faz toda a diferença.

Confira nossas dicas e coloque em prática seu negócio mesmo com pouco dinheiro!

1. Amadureça e valide sua ideia

Para abrir um negócio é importante fazer algo que se gosta, por isso, pense bem sobre o ramo que você quer começar, assim será mais fácil entrar de cabeça em todas as informações que são necessárias.

E, mais do que isso, é preciso pensar bem sobre sua ideia, afinal, gostar de algo não significa necessariamente que você está pronto para abrir um negócio sobre.

Conheça o mercado, entenda seu público, qual será o diferencial do seu produto ou serviço diante da concorrência, quais ações vai precisar realizar, por exemplo.

É preciso estar com as ideias 100% alinhadas para iniciar algo. Aproveite também para validar a ideia com outras pessoas, principalmente aquelas que já estão na área, pesando seus prós e contras.

2. Analise o quanto possui para investir e o quanto será necessário

Calcule cada real que você possui para abrir o seu negócio. Aqui é preciso calcular mais do que será necessário para sua abertura, mas também para garantir o giro inicial. Será preciso ter o suficiente para cobrir todas as despesas iniciais como contas a pagar, estoque, salários, entre outros.

É preciso saber que o negócio não vai dar lucro logo de cara, por isso, é preciso ter dinheiro para sustentá-lo em seus momentos iniciais.

Ter essa visão te ajudará a abrir um negócio que seja compatível com seu perfil e que te mantenha com o pé no chão.

3. Se especialize e busque mentoria

Por ter o capital mais escasso, é preciso contar o menor número de erros possíveis. Por isso, é preciso entender muito bem do mercado e se capacitar para diversos imprevistos. Busque cursos, eventos, workshops e especializações que possam ajudar seu nicho e empreendimento.

Vale a pena também contar com ajuda de pessoas e empresas como Sebrae para buscar informações e apoio no momento crucial do início do negócio.

4. Saiba tudo do mercado e concorrência

Você pode ter um plano de negócios perfeito, mas se você não conhecer o mercado e sua concorrência pode ser que seu empreendimento não dure muito no setor. É preciso entender do seu nicho, operações e público para saber investir com mais inteligência e assertividade.

Além disso, é necessário conhecer a concorrência para entender quais serão suas vantagens e diferenciais sobre eles.

5. Formalize seu negócio

Para tirar seu negócio do papel é preciso seguir algumas regras que são essenciais para seu funcionamento. Formalize sua documentação, verifique as regras de seu município, confira sua marca e deixe tudo em dia antes de começar.

Essa é uma parte necessária para a abertura do negócio que exige tempo e alguma reserva financeira, por isso, não deixe nada passar.

6. Encontre os melhores preços e fornecedores

Tanto na hora de montar sua estrutura quanto na hora de escolher os fornecedores de produtos , é possível economizar se fizer boas pesquisas e comparações.

Busque por qualidade, mas tenha o preço também em mente, afinal, é ideal encontrar fornecedores de confiança e com preços que sejam compatíveis a sua realidade.

Entenda bem qual será seu produto ou serviço, saiba quanto precisa de matéria-prima inicial, tenha variedade, mas mantenha um estoque controlado, afinal, mercadoria parada é o mesmo que dinheiro parado.

Comece aos poucos e após entender mais do gosto do seu cliente, aumente o estoque e compras dos itens necessários.

 

7. Invista em marketing e networking

Mesmo que seja sem gastar muito, é preciso divulgar o seu negócio para que as pessoas comecem a consumir do seu empreendimento. Independente se você tem um negócio físico ou não, nada melhor do que começar o marketing na internet.

Esteja presente nas redes, interaja com o público, crie algumas condições especiais para chamar a atenção e não perca a chance de fazer um barulho virtual.

Além disso, acione sua rede de contatos, divulgue seu negócio e busque possíveis parcerias através de pessoas que já conhece.

Administrar o capital de maneira inteligente é uma tarefa difícil para aqueles que ainda estão começando no mundo dos negócios, mas é preciso entender que é possível ter o seu próprio negócio mesmo sem muito dinheiro inicial.

Entenda o que você quer realmente fazer, saiba o quanto tem de dinheiro e quanto precisa, peça orientações e entenda tudo que puder do seu mercado. Iniciar um negócio dá trabalho, mas certamente será muito satisfatório quanto tudo estiver caminhando.

Aproveite nossas dicas, coloque suas ideias no papel para que elas possam ser colocadas em prática. Bons negócios!