A cultura urbana é celebrada em programação diversa das Fábricas de Cultura

Diferentes linguagens artísticas são exploradas em atividades gratuitas.

As Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, realizam uma ampla programação durante todo o mês de outubro. Gratuitas, as atividades abordam a cultura urbana e incluem diversas atrações, entre elas, uma apresentação do artista Chakal, a sonoridade do dancehall e a Felino – Feira Literária da Norte.

Música, cinema e intervenção artística

Em homenagem ao dia do compositor brasileiro, datado em 7 de outubro, a unidade Vila Nova Cachoeirinha apresenta o rapper Zoioo MC com seu mais recente álbum “Ensurdecedor Mesmo é o Silêncio” com produção e participação do beatmaker Flavio Rufino. O show será transmitido no YouTube às 19h do dia 7 de outubro.

Em seguida, às 20h, na mesma plataforma e pela Fábrica de Cultura Diadema haverá a apresentação musical do álbum Eustácio, o mais recente trabalho lançado pelo artista Chakal. No show, Chakal canta também alguns dos principais singles de sua obra Morador de Lugar Nanhum (2019), além das intervenções em freestyle e as faixas do atual álbum.

O EmpodereCINEgo trata-se de um cinema e movimento cultural de rua, realizado nas periferias do Capão Redondo, Jardim Ângela e adjacências da zona sul de São Paulo. Na atividade, será apresentado o coletivo que, desde seu surgimento em 2015, busca a democratização do acesso e a distribuição de filmes nas periferias, produzindo um elo entre a periferia e a linguagem cinematográfica colaborativa e independente. A transmissão acontecerá pelo Facebook no dia 14 de outubro, quinta-feira, às 17h, pela Fábrica de Cultura Capão Redondo.

Fábrica de Cultura Jaçanã traz a oficina Criando o Beat do Zero, que demonstrará ao público a experiência de produção musical desde o início até o fim do som instrumental. Para participar, basta acessar o canal do YouTube no dia 14 de outubro, quinta-feira, às 19h.

Gaitista, professor, cantor e compositor, Marcio Abdo atua no cenário musical desde o início da década de 1990. Abdo é considerado um dos grandes nomes da gaita cromática de blues no país, o que já o levou a ser atração nos maiores festivais de jazz e blues. Apresentou-se com grandes nomes da gaita blues americana como Steve Guyger e Mark Hummel, além de diversos artistas brasileiros dentro e fora do blues. No vídeo, que será disponibilizado pelo YouTube no dia 16 de outubro às 15h, via Fábrica de Cultura Jardim São Luís, Márcio apresentará toda a magia além do comum por trás deste instrumento.

O projeto Quebrada Viva é uma intervenção urbana de projeções a laser, que difunde a poesia de artistas da quebrada. A ideia principal é dar voz aos artistas racializados, expandindo e descentralizando a cultura por meio de frases projetadas nas paredes e empenas na cidade de São Paulo. A atividade será presencial na Fábrica de Cultura Brasilândia e contará com a participação dos aprendizes de Slam, com projeções de suas poesias, no dia 21 de outubro, quinta-feira, às 19h.

Dança e literatura

São Paulo sedia o “BATTLE ENERGY 2021” e a plataforma da Fábrica de Cultura Brasilândia apresenta os melhores dançarinos de breaking do cenário brasileiro na disputa por uma vaga na final nacional. A exibição acontecerá pelo YouTube no dia 22 de outubro, sexta-feira, às 20h.

São muitas as perguntas que surgem quando se deseja e planeja publicar um livro. No cenário atual, despontam publicações, editoras e feiras do universo independente que revitalizam a ideia do livro impresso e aproximam quem faz e quem consome esse tipo de produto cultural. Neste encontro, o editor, roteirista, escritor, ator e produtor cultural PC Marciano conta suas experiências com o mercado editorial e a literatura periférica. A atividade será realizada pela Fábrica de Cultura Diadema, no YouTube, dia 27 de outubro, quarta-feira, às 19h30.

Festival Literário MTF: Metamorfose reúne poetas das periferias, com poesias que contam detalhes do dia a dia e das lutas enfrentadas pelos jovens. No mês do livro, tais artistas mostram como a literatura é importante para que possamos contar as nossas histórias. A atividade será realizada na Fábrica de Cultura Jardim São Luís de forma on-line, no Facebook, no dia 29 de outubro, quinta-feira, às 19h.

A cultura Dancehall Jamaicana nascida nos anos 80, surgiu do movimento reggae e sound system, sendo um movimento cultural que envolve a música e a dança. Mesmo tal sonoridade se tornando comum no mundo pop, pouco se fala do Dancehall como movimento cultural. Neste bate-papo, o artista NG Coquinho oferece uma vivência para as pessoas interessadas pela cultura reggae Dancehall. A atividade estará disponível no YouTube, dia 30 de outubro, sábado, às 19h, via Fábrica de Cultura Capão Redondo.

A quarta edição da FELINO, Feira Literária da Norte continua ativa pelo YouTube. O festival contribui, este ano, com a programação da Fábrica de Cultura Jaçanã com dois eventos: a vídeo-oficina “Hai Kais abrasileirados” com o poeta Pedro Blanco no dia 30 de outubro; e a apresentação de Cissa Lourenço e a vídeo-entrevista “Literatura Periférica, a literatura pelos nossos”, com Alessandro Buzo e apresentação de Paulo D’Auria, no dia 31 de outubro. Os encontros serão realizados às 17h.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT