Abóboras ‘gigantes’ são colhidas no interior de SP: ‘Dá até cãibra no braço’, diz agricultor

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Peso médio da abóbora canhão é de 25 quilos, mas os frutos colhidos na propriedade de Itapetininga chegam a pesar mais de 50 quilos.

Um agricultor tem se destacado com a produção de abóboras gigantes no interior de São Paulo. O peso médio da abóbora canhão é de 25 quilos, mas os frutos colhidos na propriedade de Itapetininga chegam a pesar mais de 50 quilos.

Josué Miranda de Oliveira conheceu a variedade há alguns anos e depois passou a selecionar as sementes para o plantio.

“O segredo é pegar a semente já de segunda geração, você compra, planta, tira a semente e o segundo plantio vai dar a abóbora maior. Elas são tão pesadas que dá cãibra no braço.”

Na última colheita, a recordista pesou 45 quilos e apresentou 1,20 metro. No entanto, Josué afirma que o recorde foi na safra anterior com uma abóbora de 51 quilos.

De acordo com o agrônomo Edgar Petisco, os frutos são grandes porque a planta retira a energia do solo.

“A planta tem a energia que vai retirar do solo e tem três frutos para drenar a energia, fazendo com que aproveite toda a energia da planta. É como se fosse uma leitoa que em vez de alimentar 10 leitõezinhos, vai alimentar só três e eles terão muito mais leite para beber”, explica.

A produção conta com 90 pés que são espalhados em 10 hectares de plantação e, quanto mais pesada, maior valor comercial a abóbora terá. No entanto, apesar da aparência rústica, a abóbora é sensível e exige um manejo cuidadoso.

Fotos: Reprodução/TV TEM

VEJA MAIS NOTÍCIAS