Ação da Polícia Militar, termina em flagrante de roubo, captura de procurado, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores em Santo André, SP

Durante patrulhamento, os policiais se depararam com um roubo em andamento na garagem de uma residência, onde três criminosos rendiam um casal.

Na tarde de domingo (23), policias militares do 10º BPM/M – Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, detiveram seis infratores da lei pelo município de Santo André (SP). Durante patrulhamento, os policiais se depararam com um roubo em andamento na garagem de uma residência, onde três criminosos rendiam um casal sob ameaça de arma de fogo e se apoderando dos pertences das vítimas.

De pronto a equipe desembarcou da viatura e efetuou voz de prisão, momento em que os infratores empreenderam fuga, sendo alcançados e detidos, tendo um dos indivíduos na situação foragido da justiça, que tentou resistir à prisão.

A ocorrência foi encaminhada ao 1º Distrito Policial, onde foi dada ciência dos fatos ao delegado de plantão que providenciou o boletim de ocorrência de roubo qualificado consumado com emprego de arma de fogo/captura de procurado/porte Ilegal de arma de fogo.

Durante a apresentação da ocorrência pelo DP, a equipe copiou via Copom uma denúncia anônima de que dois homens e uma mulher ocupando um veículo estavam no local da ocorrência para resgatar um armamento que estava debaixo de um carro. Rapidamente a equipe deslocou-se para o local e após
patrulhamento com apoio de outras equipes policiais lograram êxito em localizar o veículo citado.

Durante averiguação, o condutor do veículo informou à equipe que havia pegado uma carona com um casal de amigos, os quais estavam com seus dois filhos e informou ainda que havia acabado combustível do Auto e que seu comparsa teria ido ao posto de combustível enquanto sua esposa iria à loja de conveniência ao lado. Após busca pessoal nos indivíduos pelo citado posto, foi localizado na bolsa de uma das crianças um revólver calibre 38 com numeração suprimida contendo duas munições intactas. As partes foram conduzidas ao DP

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT