‘Achados e Perdidos’ do Poupatempo pode ser consultado em aplicativo

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Postos de atendimento do programa do Governo do Estado apresentam diversos objetos inusitados que foram esquecidos.

Você sabia que o Poupatempo conta com um setor de Achados e Perdidos? Muitos usuários esquecem ou perdem documentos no interior das unidades de atendimento. Para facilitar a vida dos usuários, o Poupatempo criou um aplicativo.

Através do “SP Serviços” é possível saber em tempo real se um documento ou objeto perdido foi encontrado e em qual local pode ser retirado. A consulta também pode ser feita pelo portal.

Pelo número do documento é possível saber onde ele se encontra à disposição para ser retirado. Para objetos, é necessário informar a descrição. A dona de casa Sidione Padilha conta que o programa já é um dos melhores e saber que as unidades têm um espaço para objetos perdidos traz tranquilidade.

“O serviço do Poupatempo é ótimo. Praticidade que otimiza nosso tempo. Nunca esqueci nada por aqui, mas saber o cuidado com o que é encontrado é muito importante”, explica.

Como funciona

Todos os itens encontrados no interior das unidades do Poupatempo são encaminhados para a seção de Achados e Perdidos, na administração de cada posto. Os objetos são cadastrados com local e hora do encontro e nome de quem fez a entrega.

Eles ficam por três meses à disposição dos donos. Após esse período, documentos são encaminhados para os órgãos emissores e os objetos são doados para o Fundo Social de São Paulo (FUSSP).

Em 2018, foram registradas 25.195 ocorrências de achados e perdidos nos postos Poupatempo, uma média de 2,1 mil ocorrências por mês. Nas unidades da capital paulista (Cidade Ademar, Itaquera, Lapa, Santo Amaro e Sé) foram 5.982 ocorrências, sendo documentos pessoais, como RG e CNH, os itens mais achados, com 3.637 casos.

Desde que o atual sistema foi implantado, em dezembro de 2015, o Achados e Perdidos do Poupatempo já soma 78.709 ocorrências em todos os postos do programa.

Objetos inusitados

Além de muitos guarda-chuvas, óculos, livros e outros objetos normalmente esquecidos por quem está distraído, as unidades também possuem objetos inusitados. Já foram encontradas muletas, uma tampa de privada e até um videogame modelo Xbox, que foi localizado pela proprietária uma semana depois na unidade Itaquera. Há também casos de bolsas ou carteiras com dinheiro e objetos de valor.

Em novembro do ano passado, a cidadã Andrea Aparecida Pereira perdeu a carteira com R$ 200 e todos os documentos e cartões no Poupatempo Santo Amaro. Ela só percebeu após duas horas. Ela voltou ao local e ficou emocionada ao receber de volta a carteira das mãos da secretária Sandra Regina Carneiro, responsável pelos Achados e Perdidos.

“É muito bom perceber que ainda existem pessoas honestas e que se preocupam com os outros”, afirmou Andrea. A secretária Sandra conta que muitas pessoas perdem documentos, óculos e guarda-chuvas, mas de vez em quando aparecem objetos de valor. “Na semana passada, uma mulher esqueceu uma bolsa grande com dinheiro e documentos e também recuperou tudo graças a um cidadão que encontrou e nos trouxe”, contou.

Um dos objetos mais caros já esquecidos no Poupatempo foi um videogame Xbox, em dezembro de 2016, no Poupatempo Itaquera. Raqueliny Alves esqueceu o seu videogame e só depois de uma semana retornou para finalizar seu atendimento. Então, ela deu uma passada no setor de Achados e Perdidos para ver se o objeto estava lá. Ela já dava como perdido o equipamento que custava, na época, quase R$ 1 mil.

Raqueliny contou que estava com seu Xbox 360 no Poupatempo porque havia acabado de buscá-lo na assistência técnica. Não havia indicação de quem era o proprietário e o equipamento ficaria três meses no posto até ser encaminhado para doação. “Ainda existem pessoas honestas”, disse ela, feliz da vida ao recuperar o videogame.

Siga Beto Ribeiro Repórter e FATOS POLICIAIS no facebook, e fique por dentro de todas as novidades!