Ações de policiamento náutico no período noturno termina com apreensão de embarcação em Pirassununga, SP

Diante de tais constatações, foi realizada pela equipe náutica a abordagem e apreensão dos petrechos e embarcação junto à sede do 1º Pelotão até deliberação do Atendimento Ambiental.

Na noite de terça-feira (13), os policiais militares ambientais cabo Cunha
e soldado Colombo, realizaram ações de policiamento náutico no período noturno voltadas a coibir a pesca ilegal no rio Mogi Guaçu em seu trecho inserido no Distrito de Cachoeira de Emas, município de Pirassununga (SP).

Durante a ação, foi visualizada uma embarcação em atividade, com um indivíduo realizando a pesca embarcada com o uso de varas de fibra acopladas com molinetes, em local proibido (a menos de 750 metros a montante da barragem da Usina Aratu) e de posse do equivalente à 05 kg de pescado nativo da espécie “corimbatá”.

Diante de tais constatações, foi realizada pela equipe náutica a abordagem e apreensão dos petrechos e embarcação junto à sede do 1º Pelotão até deliberação do Atendimento Ambiental. Foi também elaborado o respectivo Auto de Infração Ambiental em desfavor do autor direto na modalidade de multa simples, valorado em R$ 1.100,00 por violação do artigo 35 da Resolução SIMA 005/21, com providências penais a serem tomadas conforme artigo 34 da Lei Federal 9.605/98.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT