Acusado da morte de idoso de 83 anos em assalto é condenado a 30 anos de prisão

José Lourenço foi agredido e morreu após sofrer infarto em roubo em maio. Defesa vai recorrer.

O homem acusado da morte de um idoso de 83 anos em um assalto foi condenado a 30 anos de prisão, em julgamento na sexta-feira (9), em São Carlos (SP). João Lourenço foi agredido e sofreu um infarto durante o crime, em maio deste ano.

O acusado de 32 anos foi condenado por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, em regime fechado. Ele foi levado de volta para a Penitenciária de Araraquara, onde está preso desde o dia 27 de maio.

clique na imagem e saiba mais

O advogado de defesa, Reginaldo da Silveira, informou que vai recorrer da sentença ainda nesta semana. “Há possibilidade de discutir o crime de roubo porque o laudo pericial não demonstrou latrocínio”, disse.

Idoso morre ao sofrer infarto durante tentativa de assalto a casa em São Carlos — Foto: Fernanda Arantes/EPTV

O crime

O assalto aconteceu em 18 de maio. Segundo a Polícia Civil, o homem foi até a casa de José Lourenço, no Jardim Bandeirantes, e demonstrou interesse em comprar um imóvel que o idoso estava vendendo no bairro São Carlos 8.

Para tratar do negócio, eles combinaram de se encontrar novamente na casa do idoso no período da tarde. O homem voltou, e após conversar sobre o imóvel, anunciou o assalto e passou a agredir a vítima, que começou a passar mal e morreu após sofrer um infarto.

Antes de fugir da casa, o criminoso também rendeu a esposa de José Lourenço e roubou duas alianças. Ainda segundo a polícia, o homem conhecia o casal e foi inquilino deles há uns três anos.

No entanto, como ele estava usando máscara e óculos de sol no momento do crime, as vítimas não o reconheceram. As equipes de investigação conseguiram chegar até o homem por meio de câmeras de segurança que identificaram a placa do veículo que ele usou no dia do crime. (Com informações do portal A Cidade ON/São Carlos)