Acusado de matar obstetriz com 16 facadas será julgado na próxima sexta-feira (24), em Conchal, SP

Passado mais de três anos, a família e os amigos sofrem e imploram por justiça.

Na próxima sexta-feira (24), acontecerá o julgamento do acusado de ter assassinado de forma brutal, a obsteriz Nelly Cristina Venite de Souza Maria, de 27 anos, na época.

O caso aconteceu na madrugada de 19 de maio de 2018, em Conchal (SP). Nelly foi encontrado no apartamento onde morava, com 16 golpes de faca e com ferimentos na cabeça, braços e tórax, além de sinais de estrangulamento.

De acordo com a GCM, que atendeu a ocorrência naquela noite, um vizinho contou ter ouvido a vítima pedir socorro por volta das 3h e acionou as autoridades. Quando os gritos cessaram, ele viu o assassino sair da kitnet onde a moça morava.

Preso pela Polícia Militar

No dia 20 de maio de 2018, o criminoso foi preso pela Polícia Militar no município de Malacacheta (MG). Passado mais de três anos, a família e os amigos sofrem e imploram por justiça.

O julgamento está previsto para acontecer às 13hs, da próxima sexta-feira (24), em Conchal. No entanto, ainda não há a confirmação se o acusado estará presente de forma física ou se acompanhará o julgamento de forma remota (online).

O local não estará aberto ao público, por conta dos protocolos sanitários aplicados, por causa da pandemia provocada pelo coronavirus. Leia mais em: f5conchal.f5conchal.com.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT