Adolescente apreendido pela DISE no tráfico de drogas é levado para Fundação CASA em Limeira, SP

Tentando justificar o crime, dizendo que sua mãe atualmente enfrenta sérias dificuldades finaceiras. 

Na tarde de quarta-feira (29) policiais da DISE – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Limeira (SP), efetuaram diligências com viatura descaracterizada pelas imediações do Condomínio Olindo de Luca, onde existe um ponto de venda de droga.

Durante a ação, os policiais civis avistaram um adolescente em atitude suspeita, eis que estava em pé, bem no local onde os entorpecentes são vendidos e quando percebeu a aproximação da viatura, correu para dentro do condomínio. A equipe observou que ele estava com uma pochete de cor escura presa na citura.

clique na imagem e saiba mais

Os policiais desembarcaram da viatura, fizeram um cerco no bloco 55, e instantes depois um dos investigadores conseguiu encontrar o adolescente caminhando por um corredor externo do condomínio, dando um “migué” como se nada estivesse acontecido. 

Perto dele, jogada no chão, foi encontrada a pochete que estava presa em sua cintura momentos antes da abordagem. Dentro dela foram encontradas 17 porções de maconha e 04 porções de crack, além de R$ 90,00 reais, proveniente do tráfico dos entorpecentes.

Indagado sobre as drogas, o adolescente de 17 anos admitiu que eram de sua propriedade, esclarecendo que estava vendendo tentando justificar o crime, dizendo que sua mãe atualmente enfrenta sérias dificuldades finaceiras. 

Diante dos fatos, ele recebeu voz de apreensão e foi conduzido até a DISE para as devidas providências de Polícia Judiciária, onde após ser ouvido pelo delegado Siddhartha Carneiro Leão, foi levado para a Fundação CASA – Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente, onde permanece à disposição da Vara da Infância e Juventude.

Participaram da ação de combate ao crime, o agente policial Anderson, juntamente com os policiais Rafael, Varuza, Jane e Ricardo Coelho.