Agentes do CDP encontram maconha sintética entre fatias de mortadela enviadas para preso em SP

Encomenda havia sido enviada por correio pelo pai de um detento. 

Os agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Suzano (SP), encontraram uma porção de droga K4, também conhecida como maconha sintética, entre fatias de mortadela enviadas por meio dos Correios, na quinta-feira (3).

A encomenda havia sido encaminhada pelo pai de um detento, segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Ao todo, eram 2,7 gramas da droga. No mesmo dia, também foram encontrados 52,8 gramas de cocaína e 6,9 gramas de maconha dentro de quatro pacotes de fumo.

O embrulho foi enviado pela irmã de um detento, de acordo com a SAP. Os flagrantes ocorreram durante uma vistoria nos pertences enviados pelos familiares aos presos.

clique na imagem e saiba mais

Segundo a Secretaria, a direção do CDP de Suzano encaminhou o material apreendido para o 2º Distrito Policial da cidade, onde registrou boletim de ocorrência e abriu procedimento apuratório interno. Os detentos foram conduzidos para celas disciplinares.

A SAP também destacou que os familiares são orientados a não enviarem alimentos perecíveis pelos correios, por causa do risco de contaminação.