Ajudante é preso pela GCM após tentar matar motorista com caminhão em movimento na Rodovia Washington Luís

PUBLICIDADE

O motorista, mesmo ferido, teria conseguido tomar a faca das mãos do outro e sair com o caminhão para o acostamento, onde teriam caido do veículo e continuado com as vias de fato.

Uma briga no interior de um caminhão em pleno movimento na Rodovia Washington Luís (SP-310) envolvendo dois colegas de trabalho quase terminou em tragédia e culminou com um indivíduo de 25 anos preso pela Guarda Civil Municipal de Cordeirópolis (SP), por tentativa de homicídio, por volta das 9h desta quinta-feira (4), nas proximidades do Jardim Módolo, sentido interior. Os dois saíram de Americana (SP), são moradores de lá e iriam fazer uma entrega em Rio Claro (SP).

A informação era a de que teria um homem ensanguentado, e ostentando um ferimento no pescoço, alegando que teria sido ferido com um golpe de faca desferido pelo passageiro e colega de trabalho também da mesma idade. Os GCMs Marcos e Sílvio chegaram no local, mas foram informados de que o jovem já teria sido socorrido ao hospital no veículo de um transeunte que teria se oferecido para ajudá-lo, já que estaria perdendo muito sangue.

PUBLICIDADE

Na Unidade de Pronto Atendimento, o ferido disse que dirigia o caminhão, quando fora subitamente atacado pelo passageiro que estaria em posse de uma faca de cortar pão. Uma das motivações seria uma dívida que o motorista teria com ele. O motorista, mesmo ferido, teria conseguido tomar a faca das mãos do outro e sair com o caminhão para o acostamento, onde teriam caido do veículo e continuado com as vias de fato.

O motorista, na tentativa de se desvencilhar, teria atingido o outro indivíduo com alguns golpes de faca e saído correndo do local sentido o Jardim Módolo, onde teria conseguido ajuda. O suposto agressor teria se apossado do caminhão e seguido sentido Rio Claro. Momentos após, os GCMs Adauto e Costa localizaram o veículo estacionado próximo ao Posto de Saúde do Jardim Eldorado.

No local, os agentes se depararam com o suposto agressor sendo medicado; nele havia escoriações e ferimentos supostamente causados por objeto perfurocortante. Ele confessou aos guardas civis que teria tentado matar o motorista e recebeu voz de prisão. Diante da autoridade competente, confirmou os fatos e permaneceu preso à disposição da Justiça.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP