Aluna da Etec vence desafio Change The Game do Google

Jovem de 16 anos conquista primeiro lugar, na categoria Ensino Médio, em concurso para incentivar a representatividade feminina.

Ao trabalhar conceitos como empatia, gentileza e esperança na construção de um game estilo arcade, a estudante Alice Alves Primo, de 16 anos, da Escola Técnica Estadual (Etec) de Guarulhos, conquistou o primeiro lugar, na categoria Ensino Médio, na segunda edição do desafio Change The Game, uma iniciativa do Google Play e da Ideias de Futuro, com o objetivo de incentivar a representatividade feminina na produção de jogos digitais.

Aluna do segundo ano do Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional (M-Tec) em Desenvolvimento de Sistemas, Alice venceu o desafio com o jogo Depion: O Começo da Supernova. Ela disputou o prêmio com outros cinco projetos de outras regiões do País selecionados para a etapa final, transmitida no último dia 4 de maio pelo Youtube.

“Além da alegria pelo reconhecimento da ideia, é uma honra participar de uma competição que faz as garotas acreditarem na possibilidade de desenvolver seus próprios projetos e fazer parte do mercado de games, ainda muito restrito aos homens”, afirma.

‘Nunca estaremos sozinhos’

A estudante conta que o jogo ocorre em um cenário futuro onde a humanidade já terá obtido grandes avanços tecnológicos na conquista do espaço. A história começa com a explosão de uma supernova e o envio de três astronautas de diferentes planetas do sistema solar para registrar o evento. Porém, nenhum deles retorna da expedição e a protagonista Akemi entra em ação para resgatar os colegas. A partir daí, a heroína percorre as fases do game combatendo inimigos, decifrando enigmas e superando desafios para salvar os outros personagens.

“A cada fase, ela liberta um dos astronautas que passa a ajudá-la nas próximas missões”, explica a jovem. “A ideia é transmitir uma mensagem de união e destacar a importância da amizade e da cooperação. Todos devemos ajudar uns aos outros. Mesmo em outra galáxia, num futuro distante, nós nunca estaremos sozinhos”.

Outro diferencial da proposta é a diversidade. “São personagens únicos, com características não convencionais que incentivam a aceitação sobre a liberdade de gênero e a união entre os povos de diversas origens”, ressalta.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT