Aluna denuncia professor por importunação sexual em Limeira, SP

A estudante procurou a diretoria, onde foi orientada a registrar por escrito a narrativa do ocorrido.

Uma estudante, de 17 anos, procurou a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), acompanhada de sua mãe, para denunciar um professor de uma escola estadual de Limeira (SP) por importunação sexual na manhã desta sexta-feira (19). Ele teria segurado seu cabelo e dito por várias vezes “vai cachorra, vai”

Segundo a Polícia Civil, a estudante procurou a diretoria da escola para relatar que no intervalo de sua aula, por volta das 10h30, ela estaria retornando para a sala, quando sentiu que alguém estava mexendo em seu cabelo.

Neste momento, olhou para trás e viu que um professor estava segurando sua trança e começou a rodá-la e batê-la em suas costas dizendo “vai cachorra, vai”. Ele teria repetido isso por cerca de cinco ou seis vezes. A situação continuou até a estudante entrar na sua sala de aula, constrangida com a situação.

A adolescente assistiu a aula e, ao término, o professor que a teria assediado entrou na sala para ministrar sua aula, momento em que ela começou a chorar e, abalada, saiu do local, dizendo que não se sentia bem.

A estudante procurou a diretoria, onde foi orientada a registrar por escrito a narrativa do ocorrido. A mãe da adolescente foi chamada para comparecer à escola onde recebeu a orientação de seguir até a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) para denunciar o caso.

O Professor também foi ouvido pela DDM e alegou que só teria puxado “brincado” com a aluna. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher.

Fonte: https://rapidonoar.com.br/aluna-denuncia-professor-por-importunacao-sexual-em-limeira/

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP