Alunos e professores da FHO|Uniararas retornam do Projeto Rondon

Estudantes voltaram no último sábado (22) após atividades realizadas em Itapeva/SP

Sete alunos e dois professores da FHO|Uniararas retornaram no último sábado (22) do Projeto Rondon regional, realizado em Itapeva/SP. Entre os dias 8 e 16 de julho os voluntários participaram da operação Itapeva 08, que contou com oficinas e atividades em diversas regiões da cidade.

O projeto tem como objetivo promover ações sociais junto aos moradores dos bairros urbanos e rurais dos municípios participantes. Os universitários inscritos e aprovados realizaram atividades relacionadas à saúde, habitação, educação, meio ambiente, assistência social, cultura, captação de recursos, entre outras áreas.

clique na imagem e saiba mais

O professor da FHO|Uniararas, Me. Antonio Peripato, acompanhou os alunos e explica o que é o Projeto Rondon. “É um dos pilares da graduação e uma das melhores formas de se fazer extensão. São várias oficinas acontecendo ao mesmo tempo. Isso ajuda a cidade, leva um pouco do conhecimento da faculdade e dos alunos para aquela comunidade, além de trazer para o estudante a vivência das dificuldades que existem por lá”, destaca o professor.

Peripato ainda ressalta a importância dessa experiência na vida dos universitários. “O projeto reúne elementos fundamentais que agregam muito ao conhecimento do aluno. Ele consegue levar para a prática aquilo que aprende na faculdade. Além disso, tem a interdisciplinaridade, porque ele interage com professores e alunos de outros cursos e faculdades”, comenta o professor.

De acordo com Peripato, existe uma preparação antes de encarar a experiência. “Antes dessa operação, fazemos um estudo e uma viagem precursora para entender do que a cidade precisa, do que é mais carente e quais são os principais aspectos a serem trabalhados. Os alunos desenvolvem os planejamentos, chegam lá e aplicam. Exige bastante dinamismo, porque às vezes as coisas não acontecem da maneira prevista. O papel do professor é nortear, ajudá-los a alcançarem o objetivo. Para o professor que está acostumado com a sala de aula, viver uma experiência como esta é realmente diferente”, completou o docente.

A estudante de ciências biológicas Mônica Ferreira participou do projeto e afirma ser um aprendizado incrível. “Foi uma experiência enriquecedora. Todos dizem que projeto voluntário serve para enriquecer currículo. Eu não acredito. Acho que, primeiramente, enriquece a vida. É muito importante vivenciar experiências fora da nossa zona de conforto, você vê outra realidade, convive com pessoas totalmente diferentes, de cursos diferentes”, destacou a aluna.

O estudante de engenharia de produção, José Lemos, também ressaltou a experiência adquirida. “O aprendizado é muito grande. Quando saímos do nosso conforto e vamos para um lugar diferente, não sabemos o que esperar, o que vamos encontrar, qual vai ser a receptividade. Quando a gente chega lá, a comunidade acaba trazendo o conhecimento que eles têm da vida, do dia a dia deles, para nós, de uma forma muito simples”, comentou o universitário.

Em parceria com o Governo Federal, a FHO|Uniararas participa do Projeto Rondon desde 2005, atuando semestralmente em diversas operações por todo o País. De acordo com a instituição, em anos anteriores 38 professores e 144 estudantes atuaram em 20 municípios.

Participantes da FHO|Uniararas na Operação Itapeva 08

Professores: Prof. Me. Nelson Oliveira Stefanelli e Prof. Me. Antonio Francisco Peripato Filho.

Alunos: Williane Ferreira Lima (enfermagem), Bianca Oliveira dos Santos (engenharia química), José Lemos do Prado Junior (engenharia de produção), Mônica Cyntia Ferreira Santos (biologia), Lays Fernanda Henrique (enfermagem), Giulia Stefani da Silva (enfermagem) e Camila Malvestiti (psicologia).