Amigos do caminhoneiro que morreu carbonizado choram ao lado do caixão e homenagem é de cortar o coração

O cortejo até o cemitério da cidade durou cerca de 15 minutos e foi marcado por muita comoção, o caixão que levava Henrique foi colocado em um caminhão, amigos estavam sentados do seu lado e choravam copiosamente.

O acidente que matou Henrique Mateus, de 23 anos, comoveu todo o Brasil. O jovem caminhoneiro que seguia em comboio bateu na traseira de uma carreta, ficou preso nas ferragens, o caminhão incendiou e ele morreu carbonizado, na manhã desta quinta-feira (5).

Seria mais um terrível acidente, contudo, Henrique bateu violentamente na traseira da carreta que era conduzida por seu pai, Ademir Antônio Mateus. Imagens feitas por pessoas que passam pelo local mostram o desespero do pai tentando salvar o filho preso dentro do caminhão em chamas.

clique na imagem e saiba mais

O acidente aconteceu na BR-467, na altura do município de Cascavel, no estado do Paraná. As imagens viralizaram, em um dos vídeos é possível ouvir Henrique gritando de dor e suas últimas palavras, ele disse que amava todo mundo e não iria sobreviver. “Eu amo todo mundo”.

Nesta sexta-feira (5), o corpo de Henrique foi sepultado na cidade de Santa Terezinha de Itaipu (PR). A morte do jovem caminhoneiro deixou a cidade em choque, ele era muito querido pelos amigos e conhecidos.

O cortejo até o cemitério da cidade durou cerca de 15 minutos e foi marcado por muita comoção, o caixão que levava Henrique foi colocado em um caminhão, amigos estavam sentados do seu lado e choravam copiosamente.

A família do jovem está dilacerada e o pai de Henrique depois de tudo que viu e viveu precisa de cuidados. Amigos e familiares fizeram uma linda homenagem ao jovem, confira:

ÁGIL DPVAT