Anúncio de aumento nos preços dos combustíveis gera filas em postos de Araras, SP

Em um dos estabelecimentos, a fila de veículos dobrava o quarteirão nesta quinta-feira (10).

O anúncio de um aumento de 18,8% no preço médio da venda de gasolina para distribuidoras pela Petrobras e de 24,9% no valor do diesel gerou filas de carros para abastecimento em alguns postos de Araras (SP) nesta quinta-feira (10), enquanto o reajuste não chega às bombas.

O preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras vai subir 18,8% – vai passar de R$ 3,25 para R$ 3,86 o litro. Outro aumento anunciado é no preço do diesel, que passa de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro. São 24,9% de reajuste. Já o aumento anunciado para o gás de cozinha foi de 16,1%. O preço médio passa de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo. O produto não era reajustado havia 152 dias.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) diz que o repasse dos novos preços aos consumidores deve ser imediato. No entanto, valor final dos combustíveis na bomba depende ainda de impostos e da margem de lucro dos distribuidores e revendedores.

Nossa reportagem, localizou alto movimento e carros parados para abastecer em um hipermercado da cidade, principalmente agora a noite, e também em outro estabelecimento na Avenida Dona Renata. A fila de carros dobrou o quarteirão.

O que diz a Petrobras

A Petrobras comunicou que apesar da disparada do preço do petróleo, em decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia, tentou não repassar esse preço de imediato. Mas que depois de análises precisou ajustar os preços para que o mercado brasileiro continue sendo suprido, sem risco de desabastecimento.

Em nota, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) disse que os preços dos combustíveis são livres no Brasil. Mas que acompanha as variações para dar transparência para os consumidores sobre o valor praticado no mercado.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP