Anvisa aprova primeira terapia gênica contra o câncer no Brasil

Produto será para pessoas que têm tumores no sangue e usará células do sistema imune para atingir as cancerosas.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro no Brasil de um produto de terapia gênica contra o câncer – neste caso, específico para tumores que afetam o sangue. A terapia gênica é uma tecnologia nova personalizada contra o câncer, que se baseia na coleta e na modificação genética de células imunes dos próprios pacientes.

O produto aprovado foi o Kimryah, da empresa farmacêutica Novartis. O funcionamento ocorre da seguinte forma: as células T do sistema imune do paciente são coletadas no serviço de saúde e enviadas para um centro de fabricação, onde são geneticamente modificadas, incluindo-se um novo gene que contém uma proteína específica.

Essa proteína direciona as células T para matar células do câncer que apresentem um antígeno específico em sua superfície. Posteriormente, o produto é aplicado no paciente. O Kymriah é indicado para o tratamento de pacientes pediátricos e adultos jovens (até 25 anos de idade) com Leucemia Linfoblástica Aguda (LLA) e para alguns tipos específicos de linfoma.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP