Anvisa proíbe comercialização de tempero após exame apontar insetos e pelos de roedor

PUBLICIDADE

A Vilma Alimentos, responsável pelo produto, enviou uma nota sobre recolhimento voluntário do tempero.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização e distribuição de um produto da marca Pirata. Além disso, foi solicitado o recolhimento de um lote do produto após encontrar insetos e pelos de roedor na canela moída da marca. As informações são do portal R7.

PUBLICIDADE

A Vilma Alimentos, responsável pelo produto, enviou uma nota sobre recolhimento voluntário do tempero. No Diário Oficial da União desta quarta-feira (13), a Anvisa disse que a análise encontrou fragmentos de insetos e de pelos de roedores. Ambas indicam risco ao consumidor e má conduta na preparação.

Procurada pela publicação, a Vilma Alimentos não se manifestou sobre o caso. Na última terça-feira (12), a marca Häagen-Dazs teve lotes do sorvete de baunilha recolhidos a pedido da Anvisa por conta da possível presença de 2-cloroetanol (2-CE), substância considerada cancerígena.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP