Apenas estabelecimentos classificados como essenciais permanecem abertos a partir da próxima semana em Araras, SP

Anúncio do Governo do Estado aconteceu nesta sexta-feira (17) e é válido em toda a região de Piracicaba; medida foi determinada após aumento da taxa de ocupação de leitos na UTI nas cidades que integram a regional.

O município de Araras (SP) voltou à fase vermelha do Plano São Paulo, com medidas mais restritivas para o combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2), causador da covid-19. Com isso, o comércio classificado como não essencial (lojas de calçados, roupas, móveis, etc) deverão permanecer fechados a partir de segunda-feira (20), permitindo apenas o serviço de delivery (entrega). Apenas os estabelecimentos classificados como essenciais (supermercados, açougues, postos de combustíveis, oficinas, etc) permanecem abertos.

A reclassificação foi anunciada nesta sexta-feira (17) pelo governador João Doria e vale para as 26 cidades que fazem parte da DRS-10 de Piracicaba – Araras está entre esses municípios. A mudança foi definida após o monitoramento de índices de saúde esta semana e o aumento na taxa de ocupação de leitos na UTI região (que gira em torno de 84%), além do aumento também na taxa de internações e óbitos.

clique na imagem e saiba mais

O cumprimento da medida estadual é fiscalizado nas cidades pelo Ministério Público local. Pelo entendimento da Justiça, vale sempre a regra mais restritiva, ou seja, a determinação menos flexível no combate ao vírus. Os prefeitos podem adotar ações mais rígidas do que as definidas pelo Estado, caso julguem necessário, mas não podem deixar de seguir as determinações estaduais, caso elas sejam mais duras com relação às atividades comerciais.

As repartições municipais de atendimento ao público não terão o funcionamento alterado e seguirão abertas, respeitando regras de distanciamento social e uso de máscara e álcool em gel.

Veja como será o funcionamento do comércio em Araras, a partir de 20 de julho