Após “saidinha temporária”, condenado por tráfico de drogas mata ex-companheiro de cela a facadas e fere gravemente sua ex-esposa em Araras, SP

PUBLICIDADE

O autor do crime se evadiu do local, sendo preso minutos depois pela Polícia Militar em sua residência, no bairro Parque Dom Pedro.

Um rapaz de 21 anos foi preso neste sábado (18), pelos policiais militares cabo Gallo e cabo Ruiz, após ter matado a facadas um homem de 29 anos e ferido gravemente sua ex-esposa de 26 anos, no bairro José Ometto II, na região leste de Araras (SP).

De acordo com informações, do boletim de ocorrência, o autor do crime, que encontrava-se preso por conta da condenação por tráfico de drogas, disse em seu depoimento ao delegado Alexandre Ferraciolli  Pereira, que sua ex-mulher, o teria o abandonado, separou do mesmo, por força do reacionamento amoroso com seu ex-colega de cela que deixou o presídio no início deste ano.

Ofendido com o comportamento de ambos, e enciumado, nesta madrugada, aproveitando-se da permissão da “saidinha temporária”, por conta do feriado de Corpus Christi, depois de haver consumido bebida alcoólica e cocaína, invadiu a casa a qual residia com sua ex-mulher, após pular o muro com propósito de matar seu atual companheiro.

PUBLICIDADE

Ele pegou as chaves, pois sabia onde elas ficavam, adentrou o imóvel e surpreendeu o casal que estava dormindo na cama. De posse de uma faca que pegou na casa, desferiu vários golpes em seu ex-colega de cela, que morreu no local, e acabou atingindo também sua ex-esposa, ao tentar defender seu atual companheiro.

O autor do crime se evadiu do local, sendo preso minutos depois pela Polícia Militar em sua residência, no bairro Parque Dom Pedro. A mulher foi socorrida em estado grave para atendimento médico no Hospital São Luiz, onde encontra-se internada. O caso foi registrado no plantão da Central de Polícia Judiciária.

A ação contou com apoio do tenente Selegin, sargento Isaías, cabo Tiago, cabo Vitti, cabo Wilson, cabo Antonieto, soldado Adorno e soldado Athos.

É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização do autor. #DigaNãoAFakeNews

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP