Após Sindicância Interna ex- diretora de educação Mariana Mani Moura é exonerada do quadro de servidores do município de Conchal, SP

A ação do poder público municipal faz parte da auditoria que investiga possíveis irregularidades cometidas durante a gestão do ex-prefeito Valdeci Lourenço.

Mariana Mani Moura concursada como professora de educação básica II atuou como diretora de educação em Conchal (SP) durante a gestão do ex-prefeito Valdeci Aparecido Lourenço.  Recentemente Mariana estava lotada na prefeitura de Araras como secretária de educação.

A ação do poder público municipal faz parte da auditoria que investiga possíveis irregularidades cometidas durante a gestão do ex-prefeito Valdeci.

Os motivos da exoneração não foram revelados pela prefeitura, por se tratar de seguimentos internos. No entanto, conseguimos apurar que durante a gestão de Mariana como diretora de educação em Conchal (SP), a mesma teria cometido abusos com gastos de viagens.

clique na imagem e saiba mais

Duas portarias foram publicadas no quadro da prefeitura (Mural Público). O primeiro documento trata-se da revogação da portaria 24.811 de 01/02/2017  e 25.959 de 19/12/2017 que cedeu Mariana  para prefeitura de Araras (SP). Em suma, a mesma teve que retornar para Conchal (SP), para só depois ser exonerada do quadro de servidores. O segundo documento publicado foi o de exoneração da servidora.

Nossa reportagem esteve em contato com Mariana Moura, e segundo ela tudo isso não passa de um movimento político de perseguição e vingança e sua exoneração foi feita sem ao menos ela saber a alegação feita no relatório conclusivo da sindicância. “As razões da minha exoneração não me foram apresentadas, eu só espero que Justiça seja feita”, finalizou.

Seguem imagens das portarias publicadas em 20/09/2018:


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.