App ajuda crianças com autismo a se comunicarem com maior autonomia

Wagner Yamuto, de 43 anos, criou o aplicativo inspirado no seu filho de 12 anos. O aplicativo ‘Matraquinha’ está disponível no Google Play e na Apple Store.

Wagner Yamuto, de 43 anos, é CEO do Matraquinha, aplicativo de comunicação alternativa para ajudar crianças e adolescentes com autismo. O projeto foi idealizado em família, junto com sua esposa, Grazyelle, seu irmão, Adriano, e inspirado pelo filho, Gabriel.

Gabriel, de 12 anos, foi adotado em 2010 aos dez meses de vida. Com o seu crescimento, os pais notaram que o menino não conseguia falar nenhuma palavra. 

Depois de realizar diversos exames, Gabriel foi diagnosticado com autismo. Ele passou a fazer terapia e a ter consultas com uma fonoaudióloga, que lhe apresentou um fichário de comunicação.

O fichário possuía figuras de objetos, alimentos e ações para que o menino se comunicasse através das imagens. Apesar de ser eficiente, o fichário acabou ficando ultrapas14sado para alguns termos.

Por conta disso, o pai decidiu criar o aplicativo ‘Matraquinha’, que dá mais oportunidade para que pessoas autistas tenham autonomia e independência. O aplicativo está disponível no Google Play e na Apple Store.

Veja abaixo um vídeo do menino Gabriel utilizando o aplicativo: 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT