App guia corredores cegos sem ajuda de cão guia ou acompanhante

O app utiliza a câmera frontal de um smartphone normal para guiar o corredor a se manter na pista.

O corredor Thomas Panek recebeu o diagnóstico de que ficaria cego por conta de uma disfunção genética. No início, ele contou com a ajuda de acompanhantes e cães-guia para superar os desafios da sua condição, mas ele quis ir além. 

Em parceria com o Google, o CEO da ONG Guiding Eyes for the Blind (Guiando cegos, em tradução livre), criou o Project Guideline, um aplicativo que utiliza a tecnologia de inteligência artificial para guiar pessoas com deficiência visual.

O app utiliza a câmera frontal de um smartphone normal para guiar o corredor a se manter na pista. Para isso, a câmera acompanha uma faixa pintada no chão, no meio da pista, que serve de orientação para o corredor. 

clique na imagem e saiba mais

As informações são enviadas ao usuário através de áudios em um fone de ouvido, para que ele, de forma autônoma e independente, possa se posicionar corretamente na pista.

Através da iniciativa, em 2019, Panek se tornou a primeira pessoa cega a correr 5 km sem nenhuma pessoa ou animal como assistência. É válido ressaltar que o projeto ainda está em fase de pesquisas. 

Fonte: Hypeness