Areatec vence licitação e zona azul pode começar a operar em agosto

A licitação foi na modalidade concorrência pública e ocorreu em 20 de junho, mas suspensa no mesmo dia.

A empresa ararense Areatec venceu o processo de licitação e será responsável pela implementação do sistema (software e hardware) para operar a nova zona azul na região central. O processo de licitação foi encerrado na última sexta-feira (30), depois de suspenso em 20 de junho.

A licitação foi na modalidade concorrência pública e ocorreu em 20 de junho, mas suspensa no mesmo dia. Nela, duas empresas concorriam no primeiro momento, sendo a ararense Areatec a Alan Branco, com sede em Joinville, Estado de Santa Catarina. Essa empresa não cumpriu todos os requisitos propostos durante o processo e não apresentou o Cadastro de Inscrição Estadual, espécie de certificado.

clique na imagem e saiba mais

O processo foi suspenso no dia e um prazo de cinco dias foi posto pela Prefeitura para a empresa recorrer. Com fim do prazo, a Areatec venceu o processo de licitação que tinha custo estimado de R$ 898.894,98, conforme consta no edital. O sistema será ofertado pelo prazo de 24 meses.

Com o encerramento da licitação, a Areatec tem 30 dias – a contar de ontem – para implantar o sistema que inclui o hardware (que são as máquinas necessárias para emissão do tíquete) além do software (programa para emissão).

O governo informa também que toda documentação da empresa foi encaminhada para setor responsável da Prefeitura, caso esteja em ordem, a homologação acontece nos próximos dias. “Como é uma empresa de Araras e com experiência no setor, esperamos que até o início de agosto a zona azul esteja operando”, prevê Edson Luzzetti, secretário de Governo.

Luzzetti disse ainda que existe a previsão da retirada dos parquímetros, usados pela antiga empresa Estapar/Hora Park, pois estes não serão usados pelo novo sistema. De acordo com previsão feita pela Prefeitura e que tem como base a antiga gestão da zona azul, o lucro mensal previsto é de R$ 120 mil, sendo R$ 60 destinados para os cofres municipais.

O custo com manutenção mensal para a Areatec é estimado, inicialmente, em R$ 29 mil mensais.

Empresa vencedora tem 20 anos de mercado

A empresa ararense Areatec vai oferecer o sistema Digipare e foi fundada há 20 anos. De acordo com a assessoria de comunicação da empresa, ela está na zona azul de São Paulo e o mesmo aplicativo (Digipare) opera em mais de 30 cidades de oito estados brasileiros.

Explica ainda que possui mais de 3.500 equipamentos de tecnologia aplicada à modalidade urbana em funcionamento, totalizando em média 6 milhões de transações diárias.

Fonte: Tribuna do Povo