A Arteris, que administra o trecho em que aconteceu a perseguição da PRF a um caminhão Ford Cargo, que estava sendo conduzido por um jovem de 23 anos sob influência de cocaína, divulgou novas imagens das câmeras de segurança da rodovia, que mostram o risco de acidente causado pelas diversas manobras perigosas realizadas pelo caminhoneiro.

A PRF iniciou a perseguição após ser alertada por motoristas que havia um caminhão sendo conduzido de maneira perigosa pela BR-116. Durante a fuga, a todo momento, o motorista jogava o caminhão em cima da viatura da PRF, tentando impedir a ultrapassagem.

O caminhão Ford Cargo, estava sendo conduzido por um jovem de 23 anos sob influência de cocaína – Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Somente após o veículo ser parado, e o motorista Douglas Rimoldi Hoffman ser preso, é que foi detectado o uso de cocaína. Na delegacia, o motorista disse que usou o entorpecente porque estava com sono.

A fiança, estipulada inicialmente em R$ 3 mil, foi reduzida para R$ 1.000, mas o caminhoneiro ainda continua preso. Por sorte, ninguém ficou ferido durante os 63 km de perseguição.