Arteris Intervias supera meta da ONU de redução de fatalidades em rodovias

A concessionária registrou 53,7% de redução no número de vítimas fatais nos últimos dez anos.

A Arteris Intervias superou a meta da ONU 2020 em relação ao número de acidentes e fatalidades em rodovias. O plano global “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, promovido pela Organização das Nações Unidas visava tornar as rodovias mais seguras entre os anos de 2011 e 2020. A meta era que fossem reduzidos em 50% o número de vítimas fatais em acidentes, com referência aos dados de fatalidade de 2010. No início da década, a Arteris Intervias registrou 54 mortes em acidentes, em contrapartida, foram registradas 25 vítimas fatais em 2020, o que representou uma redução de 53,7%.

A concessionária também registrou resultado positivo em relação ao fechamento anual, comparado a 2019 – a redução foi de 36%, recuando de 39 para 25. Ao longo de 2020, foram registrados 485 feridos em acidentes, outro resultado favorável em relação à Meta da ONU para a década, que estimava o número máximo de 695 pessoas feridas, redução de 30%.

“Trata-se, sem dúvida, de uma grande conquista, fruto do conjunto de ações assertivas realizadas ao longo destes dez anos, como investimentos em obras e serviços, a operação da rodovia, além de projetos de alcance social. Em 2020 registramos o menor número de fatalidades em 21 anos de concessão, somos comprometidos com a valorização da vida”, comenta o diretor de operações da Arteris Intervias, Helvécio Tamm.

Vale ressaltar, que desde o início da concessão, em 2000, o volume de tráfego aumentou, com crescimento mais expressivo na última década, um aumento de 54% se comparado a 2019. “Os resultados alcançados mostram que os investimentos realizados em duplicação, terceira faixa, iluminação e passarelas colaboram diretamente para a superação da meta”, aponta o gerente de operações, Fernando Luz.

A concessionária segue investindo em melhorias no pavimento e sinalização, bem como no monitoramento por meio de mais de 70 câmeras em tempo real, pelo Centro de Controle Operacional, com funcionamento 24 horas. Os usuários têm à disposição ainda uma nova frota de guinchos leves e pesados, além das equipes de resgate pré-hospitalar. São investimentos que visam garantir uma viagem com tranquilidade e mais segurança para todos que trafegam pelas rodovias administradas pela Intervias.

Sobre a Intervias – Concessionária responsável por 380,3 quilômetros das rodovias SP 330 (Via Anhanguera); SP 147 (Deputado Laércio Corte); SP 147 (Engenheiro João Tosello); SP 147 (Monsenhor Clodoaldo de Paiva); SP 191 (Wilson Finardi); SP 215 (Vicente Botta); SP 215 (Dr. Paulo Lauro); SP 352 (Com. Virgolino de Oliveira); SPI 165/330 Contorno Gilberto Silva Telles e SPI 054/147 Anel Viário Prefeito Jamil Bacar. A Intervias tem sede na cidade de Araras (SP), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, em razão de constituir-se pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária). 

Sobre a Arteris – A Arteris S.A. é uma das principais companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil, com cerca de 3.200 km em operação. Por meio de suas sete concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Fernão Dias, Régis Bittencourt, Litoral Sul, Planalto Sul e Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Intervias e ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. A empresa recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT