Aves que eram mantidas em cativeiro são resgatadas e soltas na natureza pela Polícia Militar Ambiental

Envolvido, de 47 anos, foi multado em R$ 2,5 mil pela prática ilegal. Pássaros não tinham ferimentos, mas apresentavam estado bravio.

Cinco aves que eram mantidas em cativeiro foram resgatadas e soltas na natureza pela Polícia Militar Ambiental, em Osvaldo Cruz. O envolvido, de 47 anos, foi multado em R$ 2,5 mil.

Em patrulhamento pela Vila Esperança, a equipe localizou em uma residência cinco pássaros da fauna silvestre, sendo quatro coleirinhos papa-capim e um canário-da-terra-verdadeiro que eram mantidos em cativeiro (gaiolas) sem autorização do órgão ambiental competente.

Diante das constatações foi lavrado em desfavor do envolvido um Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 2.500. Por estarem em estado bravio e sem ferimentos aparentes, as aves foram soltas em seu habitat e as gaiolas foram destruídas.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT