BAEP prende Anthrax, apontado como um dos líderes de facção criminosa no litoral de SP

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Prisão ocorreu na noite desta sexta-feira, em São Vicente.

Equipes do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP), da Polícia Militar, prenderam o traficante Orlando Pereira da Silva, conhecido como Anthrax, na noite desta sexta-feira (11). Ele pertence ao alto escalão de uma facção criminosa e considerado o ‘número 2’ na Baixada Santista. A captura ocorreu em São Vicente, no litoral de São Paulo.

Por volta das 19h50, os policiais militares faziam ronda pelo bairro do Itararé quando viram um homem entrando em uma academia. Como conheciam a fisionomia de Anthrax, pelo seu vasto histórico criminal e sistemas de pesquisas, policiais fizeram o retorno e entraram no local. Ele estava em um dos aparelhos da academia.

Os policiais realizaram a abordagem e pediram o documento dele. Anthrax apresentou uma CNH em nome de Matheus Paulo Pereira e um RG do estado do Pará. Diante da suspeita de que a CNH fosse falsificada, os policiais o encaminharam para a Delegacia Sede de São Vicente para que fossem realizadas pesquisas.

Na delegacia, ele foi indiciado pelo crime de documentação falsa. Orlando também possuía um mandado de prisão em aberto, expedido pela 4ª Vara Criminal de Cubatão, decorrente de uma ação de tentativa de homicídio e homicídio consumado. Ele ficará a disposição da Justiça.

Ainda segundo o BAEP, Anthrax vinha atuando de forma intensa no tráfico de drogas e armas na Baixada Santista. Ele era o suspeito de ser o ‘número 2’ de uma facção criminosa na região e de integrar o ‘Quadro dos 14’, como é chamado o segundo escalão da facção, que tem forte atuação no cenário nacional e internacional.