Baleia jubarte de quase 8 metros é encontrada morta em praia de Itanhaém, SP

Esta é a 15° ocorrência de encalhe de baleia registrada pelo Instituto Biopesca neste ano em praias de Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe.

Uma baleia foi encontrada encalhada em uma praia de Itanhaém, no litoral de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (7). De acordo com o Instituto Biopesca, o animal era da espécie jubarte (Megaptera novaeangliae) e já estava em avançado estado de decomposição.

Pescadores avistaram o mamífero boiando, já sem vida, no dia anterior, próximo à costa. Eles avisaram à equipe do Instituto, que encontrou a carcaça, por volta das 6h45 desta quinta-feira, já encalhada na faixa de areia da praia do Loty.

O animal era um macho com cerca de 8 metros de comprimento. A necropsia será realizada para analisar a causa da morte do animal e a carcaça será recolhida pela Prefeitura Municipal de Itanhaém.

Baleia Jubarte encalhou em praia de Itanhaém, SP, já em avançado estado de decomposição nesta quinta-feira (7) — Foto: Nelson Sater/Instituto Biopesca

Causa da morte

Segundo o Biopesca, ainda não foi possível identificar a causa da morte da baleia, mas os motivos para encalhes de filhotes de baleias já são conhecidos. Uma das possibilidades é a separação precoce da mãe em decorrência de diferentes fatores, como ele ter se perdido, ou a captura acidental pela pesca.

O Biopesca informou que esta é a 15° ocorrência de encalhe de baleias registrada pelo Instituto Biopesca neste ano em praias de Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe. Destas, 13 são da espécie jubarte.

Nesta época do ano, as baleias jubartes migram das águas mais frias de seus locais de origem para as águas mais quentes para se reproduzir ou dar à luz e, por essa razão, são bastante avistadas próxima à costa.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT