Bandidos matam casal com mais de 60 tiros e até o cachorro debaixo da cama é atingido

De acordo com uma testemunha, Nycole, que trabalhava como vendedora de uma loja de vestuário do Shopping Vitória, foi vítima de sua própria escolha.

No local errado, na hora errada. Essa pode ser a explicação para a morte de Nycole Duarte Silva Cordeiro, 20 anos, com mais de 30 tiros, no portão do prédio onde o namorado Wellington Soledade Santana, 26 anos, morava, no Bairro Andorinhas, em Vitória (ES), e que também foi morto com mais de 30 tiros.

O duplo homicídio aconteceu na madrugada desta quarta-feira, 07. Segundo a polícia, Wellington e Nycole moraram juntos durante seis meses e há uma semana ela saiu de casa para morar sozinha em Santa Martha. Ela chegou a ser socorrida a um hospital local, mas não resistiu e morreu ao dar entrada.

Wellington foi executado em cima da cama e algumas das balas mataram o cachorro de Nycole, que havia se escondido debaixo da cama. Após crime os bandidos seguiram no sentido do mangue disparando para o alto. Wellington tinha passagens criminais por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com uma testemunha, Nycole, que trabalhava como vendedora de uma loja de vestuário do Shopping Vitória, foi vítima de sua própria escolha. “Ela sabia que o namorado não prestava, era bandido envolvido com tráfico de drogas e ainda assim ficou com ele. Teve o que procurou”, disse a testemunha.

A testemunha, que não quis ser identificada, acrescentou que a perdição dos jovens de hoje é idolatrar bandidos como traficantes e cantores de funk. “Infelizmente nossa juventude procura imitar esse tipo de gente e, com isso, quem sofre são os pais, pois suas escolhas sempre terminam em tragédias”.

 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT