Blogueira denuncia estupro no Instagram e tem conta removida da rede social

No Twitter, ela divulgou um e-mail que recebeu informando sobre a suspensão da conta.

A blogueira Mariana Ferrer, de 23 anos, teve sua conta removida pelo Instagram por determinação judicial em um processo que corre em segredo de Justiça. De acordo com a blogueira, desde maio de 2019 ela tem usado suas redes sociais para denunciar um abuso que sofreu em 2018. As informações são do Uol.

clique na imagem e saiba mais

Segundo Mariana, ela foi dopada e estuprada em uma festa em Florianópolis (SC), e desde então tem recolhido e divulgado relatos semelhantes ao seu no Instagram. No Twitter, ela divulgou um e-mail que recebeu informando sobre a suspensão da conta.

“Não basta ser vítima de violência contra mulher, o homem que foi indiciado e denunciado pelas autoridades por estupro de vulnerável entrou na Justiça para remover minha conta do Instagram e silenciar a única voz que tenho para lutar por justiça”, escreveu Mariana no Twitter.

Ao UOL, um porta-voz do Instagram informou que a rede social “respeita a Justiça brasileira e cumpre decisões em conformidade com as leis aplicáveis”. Devido ao sigilo judicial, o porta-voz não divulgou detalhes sobre o processo. Também no Twitter, internautas criaram a hashtag #JustiçaPorMariFerrer para demonstrar apoio à blogueira.