Bolsonarista Zé Trovão diz que não vai cumprir ordem “ilegal” de prisão

Prisão foi decretada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.

O caminhoneiro bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, disse que não cumprirá a ordem de prisão decretada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes. Chamou a decisão de “ilegal“.

“Até dia 7 de Setembro eu vou continuar fazendo vídeo igualzinho, vou parar, não. Sabe por quê? Porque eu não cumpro ordem ilegal”, disse Zé Trovão. A declaração foi feita em um vídeo gravado na 6ª feira (3).

Ele disse estar despreocupado com a ordem de prisão, já que tem seus apoiadores ao seu lado. “Eu conto com vocês, eu não tenho medo nenhum porque eu tenho certeza que nenhum brasileiro vai me abandonar nesse momento”.

No vídeo, ele também convoca seus apoiadores a participarem da manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no feriado de 7 de Setembro. “Eu conto com vocês dia 7 de Setembro. Vamos botar os vagabundos no lugar deles”, afirmou o bolsonarista.

Leia a declaração do bolsonarista: “Nós não tínhamos confirmação. Mas agora é definitivo. A minha prisão foi decretada pelo Alexandre de Moraes […] Olha, minha cara de preocupado com isso. Eu conto com vocês dia 7 de Setembro. Vamos botar os vagabundos no lugar deles. Eu conto com vocês, eu não tenho medo nenhum porque eu tenho certeza que nenhum brasileiro vai me abandonar nesse momento. Estamos juntos, 7 de Setembro cada vez mais forte. Eu estou com vocês. E tem um recadinho: até dia 7 de Setembro eu vou continuar fazendo vídeo igualzinho, vou parar não. Sabe por que? Porque eu não cumpro ordem ilegal. O povo, eu to com vocês. Agora a pergunta é: vocês estão comigo? Simbora, 7 de Setembro, dia da liberdade brasileira. Ô caminhonerada boa demais. Ajuda o Zé Trovão aqui, porque eu sei que vocês são capazes, muito obrigada, que Deus abençoe.“.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT