“Braço direito” do patrão é preso após ser flagrado furtando no local de trabalho; o receptador que é ourives também foi detido

PUBLICIDADE

Final das contas, o larápio será demitido por justa causa, e ficará na cadeia por um tempo. 

Um funcionário há mais de 8 anos de uma empresa é preso após ser flagrado furtando peças de metal de alto valor e revendendo os objetos para um ourives no bairro Avelino Palma na zona Norte de Ribeirão Preto (SP). A prisão foi feita pelos sargentos da PM aposentado Militão e Carlos Alberto (Pintim). 

Segundo informações da PM, há mais de 5 meses a vítima que possuí uma empresa de comercialização de metal de alto valor estava suspeitando que o seu funcionário (braço direito) estaria praticando furtos no local, e que o crime sempre ocorria nas sextas-feira de cada semana – e que o funcionário sempre desligada o sistema de segurança da empresa. Foi quando, solicitou ajuda dos policiais militares e Carlos Alberto, para que fosse acompanhando o fato. 

O FURTO

Na manhã de sexta-feira (8), o funcionário prestativo chegou para trabalhar mais cedo às 05h30 da manhã, foi até a sala de segurança, desligou todo o sistema, e pós em prática o crime. Após carregar o veículo, o larápio saiu da empresa e foi até a casa do ourives na rua Domingos Sgorlon, onde negociou os objetos furtados. 

O que o espertalhão não sabia, que ele já estava sendo monitorado, e ao sair do local, foi abordado pelos policiais (Militão e Carlos Alberto), que acionaram uma viatura para levar os presos (receptador ourives e o funcionário) até a Central de Polícia Judiciária. 

Consta no B.O (boletim de ocorrência), que os 320 quilos do metal avaliado em mais de R$ 30 mil foi recuperado e entregue à vítima. Após tomar ciência dos fatos, o Delegado ratificou a prisão em flagrante dos dois, sendo arbitrado uma fiança para o receptador e a detenção do larápio. Final das contas, o larápio será demitido por justa causa, e ficará na cadeia por um tempo. 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP