Brasil é o país que menos valoriza professores, diz pesquisa

88

O estudo ‘Global Teacher Status 2018’ foi realizado em 35 países.

Por Caio Lencioni

De acordo com o estudo ‘Global Teacher Status 2018’, realizado pela Varkey Foundation, o Brasil ocupa a última posição, entre 35 países, em referência à valorização dos professores. Foram entrevistadas mil pessoas em cada país para compor a pesquisa.

A pesquisa procurou entender questões como: ‘o que as pessoas pensam sobre o quanto os professores devem receber?’, ‘o quanto os professores são confiáveis para levar uma boa educação para as crianças?’, além da pergunta em referência ao tanto de horas que os professores trabalham e se é compatível com o atual salário.

O estudo também aponta que existem grandes diferenças entre os países na forma como os professores são percebidos pelos entrevistados. Essas diferenças foram apontadas através de questões como quantas pessoas se interessam pela profissão de docente, assim como o quanto são respeitados e financeiramente recompensados.

Em referência aos pais que estimulariam as crianças a se tornarem docentes, pessoas da China e Malásia disseram que encorajariam as crianças a se tornarem professores. Já em países como Brasil e Israel, os pais não incentivariam os filhos a seguirem essa profissão.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.