Brasileiro abandona carne e consumo de frutas. Verduras e legumes dispara após pandemia

Pesquisa feita pela Herbalife Nutrition mostra, por exemplo, que praticamente metade da população passou a comer mais frutas e legumes e menos carne.

Uma das explicações é o fato de que as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa e, portanto, têm mais tempo pra pesquisar receitas e cozinhar. Além disso, sem ir pra rua, elas ficam menos expostas àquelas tentações do dia a dia, como doces e algumas comidas de restaurante.

Chama a atenção, ainda, o fato de 45% das pessoas terem aumentado o consumo de alimentos à base de plantas. Membro do Conselho de Nutrição da Herbalife, a doutora Carolina Pimentel diz que isso é uma tendência. Até porque a chamada dieta plant based, além de ser mais sustentável, quando se fala em meio ambiente, traz uma série de benefícios para a saúde.

A pesquisa mostrou, ainda, que sete, de cada 10 brasileiros, querem aumentar a participação de alimentos à base de plantas, na dieta. Porém, não sabem como começar. Já para aquelas pessoas que têm dificuldade pra abrir mão ou reduzir o consumo de carne, Carolina Pimentel aponta as carnes à base de vegetais, que também são uma tendência, como uma boa opção.

clique na imagem e saiba mais

Por fim, a nutricionista destaca que a partir do momento que o consumo de alimentos mais saudáveis se torna um hábito, durante a pandemia, tudo indica que ele será mantido quando a rotina de antes for retomada.