Brasileiro está investindo mais; total aplicado em 2019 superou os R$ 3 trilhões

clique na imagem e saiba mais

Dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, a Anbima, revelam que os investimentos financeiros totalizaram 3 trilhões e 300 bilhões de reais no ano passado. Um total 12% maior do que o registrado em 2018

Entram na conta da Anbima as aplicações de 83 milhões de contas de dois segmentos: o de varejo e o private, que engloba clientes com, no mínimo, 3 milhões investidos.

Segundo a Associação, a caderneta de poupança ainda é o investimento preferido dos clientes de varejo.

A modalidade somou, no ano passado, 782 bilhões e 200 milhões de reais, num crescimento de 7,2%, na comparação com 2018.

Esse crescimento foi impulsionado principalmente pela liberação dos recursos do Fundo de Garanta, dinheiro que caiu automaticamente na conta poupança de muitos trabalhadores.

Na segunda colocação, no setor de varejo, aparecem os fundos de investimento, que cresceram 10% e somaram, ao todo, 655 bilhões e 300 milhões de reais investidos em 2019.

Vale destacar o crescimento do valor investido em fundos de ações, 159%, e em fundos imobiliários, 136%, entre um ano e outro.

Já na análise dos investimentos feitos no segmento private, os destaque são os fundos multimercados, que somaram 415 bilhões, e o de ações, que, por sua vez, totalizaram 104 bilhões de reais.

Também são bastante procurados pelos investidores milionários as ações puras e os fundos imobiliários.

Na análise por região do país, os números da Anbima revelam que a maior parte das contas de investimento, tanto no varejo quanto no private, estão na região Sudeste.

Na sequencia, aparecem, nesta ordem, as regiões Sul, Nordeste, Centro-Oeste e, por último, a região Norte.