Cabo PM Souza recebe prêmio “Francisco Borges” de Segurança Pública em Araras, SP

O prêmio é outorgado anualmente aos profissionais de destaque que atuam na área de segurança do município.

Na noite de segunda-feira (2), o policial militar cabo Souza, integrante da ROCAM (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicleta), da 2ª Companhia do 36º Batalhão, recebeu o Prêmio Francisco Borges do dia da segurança pública. Uma homenagem feita pelo Rotary Club de Araras (SP), ao policial que se destacou na segurança pública na cidade.

Entre os policiais militares de Araras, o cabo Souza foi escolhido pra ser o homenageado. A cerimônia ocorreu no Rotary Club de Araras e contou com a presença da filha e viúva do senhor Francisco Borges, dentre outras autoridades, empresários, amigos e familiares do homenageado. Veja fotos abaixo.

“Boa noite a todos. Gostaria agradecer principalmente a Deus, ao Rotary de Araras por essa homenagem, o prêmio ‘Francisco Borges ‘,de segurança pública, acusa a presença da filha e viúva do sr Francisco Borges, para mim está sendo de grande importância o reconhecimento pelo meu trabalho profissional operacional na cidade de Araras, pela profissão que tanto me orgulho. Obrigado a todas as pessoas, minha famílias e amigos, que contribuíram para meu sucesso e para meu crescimento como pessoa e profissional. Essa homenagem e o resultado da confiança e da força de cada um de vocês. Ser lembrado é acima de tudo um agradecimento, que devo retribuir com um ‘ muito obrigado”, disse o cabo Souza.

Sobre o policial

Com formação na escola de soldado em 1999 na cidade de Limeira, no 36º
Batalhão do Interior, apresentando-se na cidade de Araras em maio do ano 2000,
desde então trabalhando em prol da sociedade ararense, sendo natural da cidade
de Pirassununga, tomando a cidade de Araras como novo lar desde 2000 até o
presente momento.

Exerce suas atividades em diversas modalidades de policiamento, como Radio
Patrulhamento, Ronda Escolar, Força Tática e atualmente ROCAM.
No ano 2010 foi homenageado como policial destaque do CONSEG – Conselho de
Segurança – da cidade, o qual no decorrer de sua trajetória recebeu diversas
condecorações, sendo medalhas de mérito pessoal, em destaque as ocorrências
de vulto ocorridas na cidade.

Em 2011, em vista ao aperfeiçoamento profissional, permaneceu 30 dias na
cidade de São Paulo, no 2º Batalhão de Choque, Humaitá, afim de participar do
curso de policiamento tático com motos “ROCAM”, retornando à cidade de Araras
em suas atividades.

No dia 21/04/2004, foi promovido a graduação de Cabo da Polícia Militar.
Neste mesmo ano de 2014, foi homenageado como Policial Destaque do Ano,
evento no qual é selecionado um policial operacional que se destacou entre seus
pares no decorrer da carreira, cerimônia solene realizada na Câmara Municipal
de Araras, a qual foi prestigiada por todos os vereadores, prefeito municipal,
público em geral, em especial a família e amigos, sendo a base fundamental para
alcançar essa homenagem e por diversas autoridades civis e militares no evento.
(https://www.araras.sp.leg.br/noticias/policiais-sao-homenageados-emsolenidade-na-camara,24-04-2014).

Desde 2007 com sua esposa, o qual consagrou matrimonio em 2014, Mariana
Cristina Fernandes de Souza, no dia 18/10/2014, no Salão da Loja Maçonaria, no
Jardim Belvedere.

Em 2018, com intenção de alcançar o crescimento e aperfeiçoamento profissional
como também pessoal, ingressou no curso de Direito na Faculdade UNAR em
Araras, o qual cursa o último ano, já estagiando no Escritório Mello Assessoria
Jurídica há quase três anos, sob o comando da Drª Maria Angelica de Mello, Drº
Leonardo, Talissa e Daniele, uma super equipe a qual tem muito orgulho de
pertencer.

Em 2019, comemorando 20 anos de corporação a tão desejada sexta parte, coisa
da caserna, atualmente com 23 anos de atividades na Corporação, sendo 14 anos
na atividade de rondas ostensivas com apoio de motocicletas – ROCAM, onde
após sua passagem para reserva, atuará na seara jurídica.
Em 2022, receberá a medalha de mérito pessoal de 1º grau
(http://medalhisticamilitarpaulista.blogspot.com/2012/09/a-laurea-do-meritopessoal-1974-ate-hoje.html), sendo o último grau deste tipo de condecoração, como também receberá a medalha de combatentes da força pública,
(https://www.ihm.org.br/medalhas-1) a medalha é entregue como forma de
reverenciar personalidades civis, militares ou instituições públicas e privadas que
tenham contribuído para a preservação da história militar e prestado relevantes
serviços à nação.

A Condecoração tem como objetivo prestar homenagem ao período histórico da
Revolução de 1932, quando a opressão do governo que rompeu com as
instituições, suspendeu a Constituição, os habeas corpus e criou uma grande
instabilidade social e política, encontrou a resistência de militares e civis unidos
para o resgate da democracia, das instituições e às leis.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP