Caçadores de javali são abordados pela Polícia Militar Ambiental com treze cães e têm facas e facões apreendidas em Brotas, SP

Após abordagem e busca pessoas eles foram questionadas no que faziam no local, momento em que informaram a equipe que estariam realizando o manejo de javali.

Na tarde de sábado (28), durante patrulhamento pela zona rural de Brotas (SP), os policiais militares ambientais cabo De Mattos e cabo Denilson, se depararam com dois indivíduos pela área da Fazenda Cucui de posse de armas brancas “facões e facas” e com treze cães de raças variadas, entre eles Pit Bull, Hottweiler e Americano.

Após abordagem e busca pessoas eles foram questionadas no que faziam no local, momento em que informaram a equipe que estariam realizando o manejo de javali, sendo solicitada documentações a qual estabelece normas e procedimentos para o controle populacional, manejo ou erradicação da espécie exótica invasora javali-europeu, não sendo nos apresentados os CTFs e tão pouco o SIMAF.

Diante dos fatos elencados foi elaborado em desfavor dos mesmos um auto de infração ambiental com sanção de multa simples no valor de R$ 1.000,00 para cada indivíduo, por caçar com base no Artigo 25 da Resolução SIMA 005/21, in tese com responsabilidade penal nos termos do Artigo 29 da Lei Federal 9605/98, sendo elas agravadas pelo fato ter ocorrido em Área de APA (Área de Proteção Ambiental), conforme Decreto Estadual 20.960 de 08/06/1983.

Foram apreendidos administrativamente: Dois facões Tramontina com 57 cm de lâminas, duas facas sem marca aparente com 35 cm de lâminas e treze cães, esses por sua vez foram depositados ao infrator.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT