Cantora gospel alerta sobre dança sexual nas ruas: “Perderam a noção”

Nova moda faz parte de “desafio” lançado com a música Envolver, de Anitta.

A cantora de música gospel, Paula Baluart, usou as redes sociais, nesta quinta-feira (17), para condenar o que chamou de “nova modinha”: fazer danças com conotações sexuais nas ruas, onde há grande movimentação de pessoas, incluindo crianças e idosos. A ‘coreografia’ se popularizou através do clipe da música Envolver, da cantora Anitta – que criou um “desafio” para que a coreografia fosse repetida nas ruas.

Para Paula, os adeptos da dança “perderam a noção”. Ela divulgou um vídeo de uma pessoa vestida da personagem Dora Aventureira fazendo a coreografia. “As pessoas perderam a noção, a responsabilidade e todo o temor a Deus! Não sabem que são fantoches de satanás e ainda acham graça! A cegueira mata e destrói uma sociedade. Depois reclamam de tanto abuso sexual e pedofilia! Elas mesmas cavam seu mal”, escreveu.

A cantora também citou passagens bíblicas sobre a adoração a Baal. “Tudo isso começou lá atrás com o paganismo e os cultos a demônios, aquilo que Deus condena! Hoje dizem que é arte sem nem saber que isso é culto e adoração no mundo espiritual (que é mais real que o nosso), não existe nada neutro! Como pode tanta cegueira?”, questionou.

Paula também fez um alerta para aqueles que não creem na maldade por trás da modinha. “Jesus está voltando! Vamos pregar! É necessário haver arrependimento, senão vai haver muito sofrimento, mais do que já vemos hoje”.

Paula encerrou revelando que passou a sofrer ataques de haters após repudiar a coreografia. “Estou sendo maltratada e humilhada de todas as maneiras nesse post. Só porque afirmei a verdade, que isso é um gesto obsceno, e ainda [feito] perto de crianças. Mas tem nada não. Não vou me calar. Pra isso o senhor me chamou e está me capacitando. Mais vale agradar a Deus”, declarou.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP